ACADEMIA POETRIX
O mínimo é o máximo.
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
CADEIRA 17
PATRONO: Eno Teodoro Wanke
FUNDADOR: Oswaldo Martins
ATUAL: Oswaldo Martins
DATA DE INGRESSO: 5 de julho de 2020


OSWALDO FRANCISCO MARTINS (1952), defensor da democracia e do estado democrático, é alencarino, radicado em Salvador desde 1976. Casado e pai de três filhos. Engenheiro químico (UFBA), licenciado em matemática (UCSAL), mestre em engenharia industrial (UFBA) e perito criminal (Acadepol/BA). Conselheiro do CREA-BA desde 2019. Integra o Movimento Nacional Elos Literários – MNEL, o Movimento Internacional Poetrix – MIP, o Grupo Pórtico da Bahia, a Academia de Letras de Jequié – ALJ, a Academia de Letras do Brasil – ALB, o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia – IGHB e outras instituições. Autor de onze livros publicados. É coautor de obra sobre saúde (ainda não publicada e já depositada na Fundação Biblioteca Nacional). É autor de artigos técnico-científicos publicados em veículos desse gênero e de textos literários publicados em mais de duzentas obras coletivas e nos sites Recanto das Letras e Usina de Letras. Premiado em justas literárias. Na seara da arte minimalista realiza experimentos sobre conversões poetrix <-> trova e poetrix <-> quadra. 

Algumas obras publicadas, de sua vasta produção literária:


MOVIMENTO INTERNACIONAL POETRIX (MIP)
  1. ______. Divinos sóis; Conjectura; Inútil caneta; Noturno; Turbulências; Torturinha; Tristuras; Ingratidão; O barco em ato. In: GOMES, G. (Org.). 501 poetrix para ler antes do amanhecer. Lauro de Freitas: Livro.com, 2011. p. 181-183.
    ______. Prisão; O que sobra pro santo; Elasticidade do caráter; Sexo natural; Revelação; Tristuras; No fim da virgindade; Desconexidade; Absorvente íntimo; Ingratidão; Decisão célere; Da pena de Jorge...; Torres da ilha; O raio Cássia; Nostalgia; Trabalhadoríase; Absorto; Cidade-verão; Faces do dito; Na frialdade; Eternidade; Avaria; Poeta bom, poeta ido; Mais que ver(s)os...; Transformer; Caoticidade; No cotidiano viver; Triste surpresa; Minutos marcantes; Como em Vidas Secas...;  No dilúvio na urbe; Faces do mar; A fome nossa de cada dia; Tudo passa... passará!; Estratificação; Inexorabilidade; Casa no campo; Parte e todo; Lati(d)(n)a lei; Gole duma boa pinga; O barco em ato; Gigantes caudais; Incógnito; Coisa mais gostosa; O legado de Alf; A matança do verde; Nas sombras do golpe; No fogo natural. In: GOMES, G. (Org.). Antologia poetrix: edição definitiva reunindo as quatro primeiras coletâneas organizadas pelo MIP. Salvador: MIP, 2012. p. 86-88; p. 163-165; p. 219-220; p. 275-276.
    ______. O roubo da decência; Torpor; A revolução de 64. In: GOMES, G. (Org.). Caderno internacional de poetrix. 3. ed. Salvador: MIP, 2011. p. 63.
    ______. O mar em combate eterno; Claridade do divino; Fortaleza: mares verdes; Semimorta para a vida; Hamurabitrix; Vazio mental; Traidor, traíra em lama...; Entreguista, ser abjeto...; Depressão de todo dia; Sem porvir: torpor, desgosto; Nobres e eternos esforços; Terato-humanismo médico. In: MAGALHÃES, A. (Org.). Antologia poetrix 20anos. São Paulo: Rumo Editorial, 2019. p. 187-190.
    ______. À luz da carência; Higiene espiritual; Último percurso de Fidel Castro; Tempo (in)certo; O vate adormece...; Linha do tempo da corrupção; Axiologia proverbial; No return; Uma pá de cal; Repeteco; Dissipação; Dorida lembrança. In: GOMES, G. (Org.). Antologia poetrix 5. São Paulo: Scortecci, 2017. p. 102-104.
    ______. Gole duma boa pinga; O barco em ato; Gigantes caudais; Incógnito; Coisa mais gostosa; O legado de Alf; A matança do verde; Nas sombras do golpe; No fogo natural. In: GOMES, G. et al (Org.). Antologia poetrix 4: Terra. São Paulo: Scortecci, 2010. p. 65-67.
    ______. No dilúvio na urbe; Faces do mar; A fome nossa de cada dia; Tudo passa... passará!; Estratificação; Inexorabilidade; Casa no campo; Parte e todo; Lati(d)(n)a lei. In: GOMES, G. (Org.). Antologia poetrix 3: comemorando 10 anos de criação do poetrix. Lauro de Freitas: Livo.com, 2009. p. 70-72.
    ______. Trabalhadoríase; Absorto; Cidade-verão; Faces do dito; Na frialdade; Eternidade; Avaria; Poeta bom, poeta ido; Mais que ver(s)os...; Transformer; Caoticidade; No cotidiano viver; Triste surpresa; Minutos marcantes; Como em Vidas Secas... In: GOMES, G. (Org.). Antologia internacional poetrix 2: com autores radicados na Alemanha, Brasil, Estados Unidos e Portugal. Salvador: Movimento Internacional Poetrix, 2007. p. 92-96.
    ______. Prisão; O que sobra pro santo; Elasticidade do caráter; Sexo natural; Revelação; Tristuras; No fim da virgindade; Desconexidade; Absorvente íntimo; Ingratidão; Decisão célere; Da pena de Jorge...; Torres da ilha; O raio Cássia; Nostalgia. In: GOMES, G. (Org.). Antologia poetrix: Brasil – Portugal – E.U.A. São Paulo: Scortecci, 2002. p. 162-166.

     
LIVROS SOLOS
______. A titulação pelo saber. Salvador: o autor, 2009. 72 p. ISBN 85-902897-7-X.
______. Instantes em poetrix: versejando em trísticos de Goulart. Salvador: Egba, 2009. 228 p. ISBN 85-902897-5-3.
______. Crônicas verdadeiras: na pulsão de registrar. Salvador: Egba, 2009. 134 p. ISBN 85-99366-06-3.
______. Realidades versejadas em sonetos. Salvador: Egba, 2007. 258 p. ISBN 85-902897-4-5.
______. A caçada matinal e outros contos. Salvador: Egba, 2006. 240 p. ISBN 85-902897-6-1.
______. Poetrix. Salvador: Egba, 2006. 212 p. ISBN 85-902897-8-8.
______. Desabafo em versos. Salvador: Egba, 2006. 160 p. ISBN 85-902897-3-7.
______. Erotrix. Salvador: Egba, 2006. 130 p. ISBN 85-99366-05-X.
______. Realidades versejadas em poetrix. Salvador: Egba, 2002. v. 1. 226 p. ISBN 85-902897-1-0.
______. Realidades versejadas em poetrix. Salvador: Egba, 2002. v. 2. 242 p. ISBN 85-902897-2-9.
______. Pedaços de uma existência. Rio de Janeiro: Litteris, 1999. 152 p. ISBN 85-7298-482-8.

 
Academia Poetrix
Enviado por Academia Poetrix em 05/07/2020
Alterado em 28/07/2020
Comentários
VISITANTES:
contador gratuito
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links