ACADEMIA POETRIX
O mínimo é o máximo.
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
MELHORES POETRIX - 2003

(eleitos no grupo poetrix@yahoogrupos.com.br)


Dominantes
(Marcelo Marques)

No domínio da escrita,
Vou surgindo entre letras...
As palavras me escrevem.



MATINAL
(Judith de Souza)

busco a poesia, de teimosia,
pintando quadros negros
com luzes de Monet



Religiosidade
(Eliana Mora)

Tens na tez
uns tons de Catedral
bem de manhã.



Caleidoscópio
(Jucinéia) 

nada além,
melhor é brincar...
com estes teus ó(s)culos



Adjectivando
(Armando Leal)

Talvez ainda haja versos e céu
e vozes dentro do cérebro.
Amanhã invento mais substantivos. 



Sobrevivir
Hernán J. Restrepo - México

Es vivir entre el salto,
el asalto,
el sobresalto. Agosto 



Fútil
(Armando Leal) 

sinto-me vazio e escrevo.
as letras parecem pedras,
e doem-me os gestos.



Pathos
(Jussara Midlej) 

essa vida quer
religamento:
enquanto hesito, fragmento. 



FLOR DE CACTO
(lílian maial)

no corpo marcado
e olhos de seca
teu sorriso é gota 



MORTE
(Anthero Monteiro)

uma cadeira vazia na alameda
sentada numa tarde de outono
a olhar o meu ponto de fuga 



Solidão
(Pedro Cardoso)

a timidez me encanta,
faz sorrir o menino
que fugiu de mim 



Arteiro
(Beto Quelhas) 

o vento brinca escondendo
na cortina dos seus cabelos
os seus olhos em venenos



porque nada é para sempre
(aila magalhães)

recorto tardes
e em teu olhar-poente
também sou sol.



divi_dida
(aila magalhães)

não queria
ser deus,
só duas... 



travessura
(Márcia Maia)

a lua
na poça da rua
finge-se estrela do mar.



Rio de Janeiro
(Marcelo Marinho)

Cada ° dia°° de vida
°° é uma gra°nde vitória
° com tan°ta bala per° dida



ArTesão
(Marilda Confortim)

Tua língua-cinzel
em riste, restaurando-me
Pietà!
Academia Poetrix
Enviado por Academia Poetrix em 25/11/2006
Alterado em 21/04/2011
Comentários
VISITANTES:
contador gratuito
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links